terça-feira, 5 de março de 2013

HAMILTON MACHADO - biografia

Biografia - parte I

Considerado um grande mestre do desenho pela cena artística de Santa Catarina, Hamilton José Silveira Machado nasceu em 24 de março de 1949, filho de José Machado e Elly Silveira Machado. Pintor e desenhista autodidata, atuou desde 1965.
Aos dezesseis anos, fez sua primeira exposição individual, quando saiu de casa para morar sozinho em Curitiba. Visitando uma exposição de pintura, descobriu que sua vocação era a das artes plásticas.

"Nu recosta". Imagem extraída da reportagem "Maj prepara o clima para a 30ª edição da Coletiva de Artistas de Joinville com homenagens aos artistas". Jornal A Notícia de 3 de outubro de 2000. Disponível em: http://www1.an.com.br/2000/out/03/0ane.htm

De Curitiba, partiu para o Rio de Janeiro onde expôs em vernissages, coletivas e ilustrou o Jornal do Brasil e revistas cariocas de 1971 a 1976, além de tornar-se cenógrafo da Rede Globo e TV Educativa. No RJ, ficou por dez anos. Realizou quatorze exposições individuais dentro e fora do estado e mais de quarenta exposições coletivas no Brasil e exterior.


Imagem extraída da reportagem "Traços de liberdade", do Jornal A Notícia de 11 de maio de 2010. Disponível em: http://www.clicrbs.com.br/anoticia/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a2899684.xml&template=4187.dwt&edition=14667&section=1186


Na Casa da Cultura Fausto Rocha Júnior, atuou na Escola de Artes Fritz Alt como professor de desenho e pintura nas décadas de 70 e 80. Hoje, a sala 10 da Casa possui uma placa em sua homenagem, “Sala Hamilton Machado”, onde são ministradas aulas de desenho e pintura da Escola de Artes Fritz Alt. Casou-se em 1979 com Christina da Silva, com a qual teve a filha Joanna da Silva Machado. 

Idem imagem acima.

Faleceu em 26 de agosto de 1992, aos 43 anos, de uma parada cardíaca. Logo depois de sua morte, a esposa Cristina e a curadora da Fundação Cultural (na época), Margrit Olsen, catalogaram grande parte das pinturas e desenhos de Hamilton, a maioria pertencentes a acervos particulares. Hoje, essas documentações e fotos encontram-se sob responsabilidade da Galeria Viktor Kursancew que, em 1993, organizou uma retrospectiva de sua obra.


Imagem retirada da reportagem Notícia sobre exposição. Jornal A Notícia de 13 de agosto de 2009. Disponível em: http://www.clicrbs.com.br/anoticia/jsp/default2.jsp?uf=2&local=18&source=a2615408.xml&template=4187.dwt&edition=12910&section=1186


É um dos artistas joinvilenses representados no acervo do MASC (Museu de Arte de Santa Catarina) e é considerado por alunos e colegas de profissão como um ícone da categoria, alguém que imprimiu sua marca na história da arte brasileira, incentivou talentos e fomentou a arte joinvilense.
George Racz o considerou como um dos melhores desenhistas brasileiros. Tinha grande domínio e habilidade sobre anatomia humana. Seu tema, o homem, era consistente e também sua fonte de inspiração. Segundo Ana Artioli, "seu trabalho enfoca a realidade humana como um todo. Segundo ele próprio, o ser humano em todos os sentidos, tanto no aspecto social e individual, como suas manias, paixões e anseios”.

Imagem extraída da reportagem "Um álbum para Hamilton Machado". Disponível em Jornal A Noticia de 26 de agosto de 2002. Disponível em: http://www1.an.com.br/2002/ago/26/0ane.htm

CONTINUA.... clique aqui para ler a parte II

----

Referências

ARTIOLI, Ana Cláudia M. Moreira. Atividade sobre o artista joinvilense Hamilton Machado. Escola de Artes Fritz Alt. Professora Berenice Joanna Mokross. 17 de nov. de 2004.

Enciclopédia Itaú Cultural. Disponível em: http://www.itaucultural.org.br/aplicexternas/enciclopedia_ic/index.cfm?fuseaction=termos_texto&cd_verbete=3650. Acesso em 15 de jan de 2013.

MAZZARO, Rafaela. Traços de liberdade. Jornal A Notícia. 11 de maio de 2010. Caderno Anexo.

PEREIRA, Mariana. O legado de um artista. Jornal Notícias do Dia. Caderno Plural. 8 de maio de 2009.



5 comentários:

  1. Olá,

    Eu não conhecia o trabalho do Hamilton Machado. Existe alguma exposição do trabalho dele ? Obrigado
    Maikon

    ResponderExcluir
  2. Olá Maikon. A exposição "Habitantes", na Cidadela Cultural, possui obra do Hamilton, vide o post: http://artejlle.blogspot.com.br/2013/03/exposicao-habitantes.html. Outras de suas obras estão com as pessoas que compraram e talvez no acervo do MAJ (Museu de Arte de Joinville).

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia...os trabalhos. Conheci através do amigo Levi Saraiva que teve o presente de tê-lo como amigo de infância!...Muito bom...um grande artista! ////bosco////pontokom

    ResponderExcluir
  4. Não conhecia os trabalhos....vim a conhecer agora, através um amigo Levi Saraiva que teve a sorte de tê-lo amigo desde a infância! Parabéns...feríssima...grande artista!

    ResponderExcluir
  5. Bom saber que a obra do Hamilton está disponível para quem o conheceu e quem quer conhecer o grande talento desse joinvilence.

    ResponderExcluir