sexta-feira, 19 de maio de 2017

Fritz Alt e Joinville

Fritz Alt sentado em um banco que ainda existe no Museu Casa Fritz Alt (sua antiga residência, situado no Bairro Boa Vista), tendo como plano de fundo uma Joinville mais pacata. Linda lembrança postada por sua neta no grupo "Joinville de Ontem" no Facebook.

terça-feira, 16 de maio de 2017

Hamilton Machado (update)

Algumas atualizações sobre a obra de Hamilton Machado:

"Em 1991, Hamilton Machado participou da equipe de criação de dois grandes dioramas encomendados pelo Museu Arqueológico de Sambaqui de Joinville. Hamilton foi responsável pela pintura das paisagens que ilustram a Baía da Babitonga. O processo de criação durou cerca de 7 meses e exigiu um profundo envolvimento do artista com o tema."
Fotografia panorâmica do Diorama 01.
 (texto e foto copiados do Facebook do Instituto Internacional Juarez Machado)


> "Elementos da Poética de Hamilton Machado" - de Vanessa Costa da Rosa. Artigo publicado nos Anais do X Ciclo de Investigações do PPGAV-UDESC - ISSN: 1982-1875.


Gif produzido por Francielly e Queila do Instituto Internacional Juarez Machado, com visitantes da exposição "Para Sempre Hamilton" na reprodução interativa da obra "Dois Segundos Após o Eclipse" de Hamilton Machado (1980). Fonte: Facebook do Instituto Internacional Juarez Machado


domingo, 14 de maio de 2017

Exposição "Sempre Hamilton" (pt. 2)

Continuação da postagem de trabalhos de Hamilton Machado presentes na exposição "Sempre Hamilton" no Instituto Internacional Juarez Machado, de 3 a 14 de abril de 2017.





























Fotos de Juli Rossi

sábado, 13 de maio de 2017

Exposição "Sempre Hamilton" (pt. 1)

Dos dias 4 a 13 de abril de 2017, aconteceu a exposição "Sempre Hamilton" no Instituto Internacional Juarez Machado", sobre o artista Hamilton Machado.

A exposição teve a curadoria de Mª Helena Scaglia e contou com diversos acervos e demonstrou diferentes fases de Hamilton - desde cartazes que ele produziu para o Festival de Dança e para a Escolinha de Artes Infantis da Casa da Cultura, até esboços de figura humana, retratos da sociedade, pinturas com conotações do realismo fantástico e do surreal.


Esta exposição foi muito importante, pois não sabemos quando haverá um apanhado de obras deste aporte, com tamanha variedade de acervos (havia obras de sua viúva Christina, de seu primo Juarez Machado, dentre várias outras personalidades). Um trabalho que precisamos valorizar, tanto da curadoria quanto dos funcionários do Instituto.

Confira algumas fotos da abertura da exposição (fotos de Francielly Francisco e Queila Madeira):

Juarez Machado e Maria Helena Scaglia (curadora da exposição)

Professoras da Escola de Artes Fritz Alt, da Casa da Cultura, onde Hamilton Machado lecionava

Algumas obras que estavam presentes na exposição (fotos de Juliana Rossi):
 








Algumas meio tortas, para fugir do reflexo :(











Detalhe de "Dois segundos após o Eclipse"



(continua na parte 2)